Editoras de livros são opção de trabalho para jornalistas

O mercado editorial pode ser uma área de atuação para jornalistas. O DONC conversou com representantes das editoras Sextante e Panda Books para saber como os jornalistas podem trabalhar nesse ambiente.

Em ambas as editoras é possível que o jornalista faça o trabalho de assessor de imprensa. Na Sextante ele pode também trabalhar na área editorial. Já a Panda Books, em determinados projetos de livros, costuma contratar serviços de jornalistas free-lancers para trabalhar como ghost writers (profissional que escreve para outra pessoa publicar) ou copidesques (que revisa textos antes da publicação).

A vaga de estágio da Panda Books hoje é preenchida por uma estudante de Jornalismo. Jornalista formado pela USP, Marcelo Duarte é um dos sócios da editora e já trabalhou na mídia tradicional. Segundo ele, a atual estagiária foi recomendada pela faculdade e apesar de não ter experiência se saiu muito bem na entrevista. “Acreditamos que, com esforço e dedicação, ela vai compensar a experiência e o currículo que ainda não tem. Investimos em pessoas com potencial”, diz Duarte.

Marcela Cerqueira, gerente de comunicação da Sextante, diz que o currículo, a experiência e a personalidade do candidato são importantes. Ela também aponta que é necessário ter um bom texto, domínio de inglês e saber se relacionar bem com as pessoas. Duarte cita como competências relevantes a criatividade, boa comunicação e conhecimento de redes sociais.

Aline Chalet – 1º semestre de Jornalismo

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s