Saiba como concorrer a vagas de estágio no Nube e no Ciee

O Centro de Integração Empresa-Escola (Ciee) e o Núcleo Brasileiro de Estágios (Nube) são duas das maiores organizações mediadoras de estágios no Brasil. Representantes dos dois grupos explicaram ao DONC a metodologia usada para preencher as vagas e falaram sobre a orientação que dão aos jovens que desejam entrar no mercado de trabalho. Há vagas para estágio em jornalismo nas duas instituições.

Nube

O Nube oferece vagas para estudantes de diversos cursos em todo o país, possuindo parceria com instituições educacionais e empresas. O processo de inscrição é feito com o cadastro no site, respondendo um questionário e um teste ortográfico. Essas informações serão utilizadas para formar um perfil, que funciona como o currículo que será indicado para as vagas que coincidem com as características do candidato.

A analista de treinamento Rafaela Gonçalves, 28 anos, explica que o grupo segue a ética de não revelar o nome das empresas nem a quantidade de vagas abertas para evitar que os estudantes procurem um contato direto, o que poderia prejudicar o processo de seleção.

Após os perfis serem escolhidos, os candidatos recebem uma confirmação e são encaminhados para uma dinâmica em grupo. Por último, passam por uma entrevista presencial, normalmente feita com o gestor da empresa.

O site disponibiliza informações para a contextualização do candidato no mercado de trabalho, como os rankings das áreas com maior bolsa- auxílio de acordo com a formação acadêmica. A área de jornalismo, com bolsa média de R$ 939,96, não está entre as dez primeiras.

Atualmente existem duas oportunidades de estágio para estudantes de jornalismo. A primeira é para alunos do terceiro ao quinto semestres dos cursos de jornalismo ou de comunicação social e é voltada para o mercado automobilístico. A bolsa-auxílio é de R$ 1.000 por mês. A segunda exige que o candidato esteja no terceiro ano em diante de jornalismo, comunicação social, publicidade e propaganda ou rádio e TV. A bolsa é de R$ 1.501,83 mensais. Ambas têm duração de 12 meses e visam a atuação na parte de redação.

O Nube oferece também EAD (ensino à distância) e dicas de como montar um currículo que chame atenção. De acordo com Rafaela, um currículo adequado é o que faz a diferença na hora de ser escolhido, além de não mentir sobre suas informações. Para os estudantes de comunicação, um diferencial é ter uma boa desenvoltura ao falar em público.

O Nube possui uma página no Facebook e aplicativo para quem quiser acompanhar todas as informações.

Os interessados em estágios devem se inscrever no site do Nube.

Ciee

O Ciee é uma entidade mantida pelo empresariado nacional e divulga vagas de instituições como o Tribunal Regional do Trabalho no Distrito Federal ou a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro.

Raquel Cavalcante, 19 anos, funcionária do centro, relatou como funciona a metodologia de abertura de vagas até a escolha do estagiário. O processo varia de acordo com a empresa, podendo começar com a prova do Ciee ou com um teste da própria companhia. No processo de escolha, são levados em conta tópicos como o bairro em que o candidato mora, o perfil pessoal e principalmente o currículo, além da nota na prova.

Ela também contou que o diferencial que as grandes empresas buscam nos candidatos a jornalistas é um perfil atualizado de acordo com o mercado de trabalho e com as novas tecnologias. Em relação ao salário, ela não vê uma grande diferença entre os estagiários de jornalismo e de outros cursos, mas sim entre as empresas e os benefícios ofertados por elas.

Existem no site vagas em que os interessados podem ser dos cursos de administração, engenharia, direito, pedagogia, comunicação social, entre outros. Dentre essas, há duas oportunidades na área de jornalismo:

– Fundação Hélio Augusto de Souza (FUNDHAS): A instituição, de São José dos Campos (SP), tem vagas para estagiários de diversos cursos, entre eles jornalismo. As inscrições abrem no dia 2 de cada mês e fecham no dia 20. A empresa oferece auxílio-transporte e auxílio-alimentação.

Bolsa-auxílio:

  • Nível superior 4h – R$ 543,93
  • Nível superior 6h – R$ 815,89

– Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro: As vagas são para universitários de arquitetura, direito, jornalismo, entre outros, a partir do quinto período. As inscrições ficam abertas o ano inteiro.

Auxílio-transporte: R$ 180,00

Auxílio-alimentação: R$ 220,00

Bolsa-auxílio para ensino superior: R$ 1.376,00

Os interessados em estágios devem fazer inscrição no site do Ciee.

 

Giovanna Dagios e Julia Morita – 1º semestre de Jornalismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s