Jornalista da Globo dá dicas para quem sonha em ser correspondente internacional

Bianca Rothier, correspondente internacional da Globo na Europa, acredita que para o sucesso de um jovem jornalista hoje em dia são necessárias duas coisas: comprometimento e interesse em novas possibilidades. Em entrevista concedida ao DONC via WhatsApp, durante uma viagem de trem da Suécia à Dinamarca, Bianca contou sobre sua carreira e deu dicas para quem sonha em ser correspondente internacional.

Formada em jornalismo pela PUC-Rio, Bianca reside na Suíça há sete anos e possui uma carreira de mais de 15 anos na Globo, onde começou como estagiária e depois passou por diversas áreas como produção e edição. Com o tempo, a jornalista aprendeu a filmar e editar vídeos e hoje em dia trabalha sozinha no envio de suas matérias.

Um dos conselhos dados pela profissional para ser um correspondente é dedicar-se ao estudo, mesmo que básico, de idiomas fundamentais, como inglês, espanhol, francês e italiano. Além desses quatro, Bianca está aprendendo alemão. “Saber falar o idioma local ajuda muito. E quanto mais idiomas você falar mais facilidade você tem de entender”, comentou Bianca, que acredita que essa é uma das formas de se aproximar mais do seu entrevistado.

bianca

Foto: Arquivo Pessoal

Bianca Rothier em reportagem para a GloboNews no Fórum Econômico Mundial de 2017, em Davos

Ela conta que sua rotina de trabalho, apesar de ser extremamente enriquecedora, é também muito solitária. Como trabalha grande parte do tempo sozinha, ela precisa atuar nas diversas partes da produção de uma reportagem.

“Na TV é importante entender que não existe matéria boa com um profissional sozinho, você precisa de todo mundo junto. No meu caso, morando fora, muitas vezes essa cadeia sou eu. Por isso realmente tem que ser um profissional completo.” Entretanto, a repórter comenta que, dependendo do grau de dificuldade ou risco da matéria, trabalha com um cinegrafista.

Escute o relato de Bianca sobre seu cotidiano de trabalho:

A repórter deu dicas importantes para que os jovens jornalistas tenham sucesso no mundo digital. “É fundamental você traçar metas e ir atrás do seu objetivo. É importante ler. Muito. Estar extremamente antenado em todas as notícias, não importa a área. Especialmente nos dias de hoje com as novas tecnologias. Sempre pensando em possibilidades de como falar com um público maior. Pensar no jornalismo como uma coisa global, porque o profissional completo tem muito mais chances de dar certo.”

Ana Fontes (1º semestre de Jornalismo)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s