Mauro Beting conta sobre seus projetos pessoais

em

O jornalista esportivo Mauro Beting recebeu o De Olho Na Carreira, no mês de março, para contar sobre sua carreira jornalística, projetos pessoais e profissionais e seu mais novo plano, um espaço de podcasts  para o Uol feita em conjunto com Juca Kfouri, PVC, Carsughi, entre outros.

Mauro se formou em jornalismo em 1988 na FIAM e iniciou sua carreira logo em 1987, antes mesmo de formar-se, e contou que sua ambição jornalística vem de berço, seu pai era ninguém menos que Joelmir Beting apresentador da TV brasileira, que é lembrando também pelos seus bordões e seu fanatismo pelo o Palmeiras. “Explicar a emoção de ser palmeirense, a um palmeirense, é totalmente desnecessário. E a quem não é palmeirense… É simplesmente impossível! “, é um de seus bordões que ficaram mais famosos.

Além de ser comentarista esportivo, Mauro Beting resolveu inovar, virou comentarista de games ao lado do narrador Silvio Luiz do jogo PES (Pro Evolution Soccer) desde a edição de 2011 do jogo de futebol. Além disso o jornalista tem mais de 14 livros publicados, sendo o mais famoso a autobiografia do goleiro Marcos.

Durante a entrevista, Beting comentou que gosta muito do contato instantâneo que as redes sociais proporcionam com as pessoas e sobre a importância do uso delas para um jornalista. “É fundamental estar plugado nas redes sociais” afirmou.

Em relação a seus projetos pessoais, conta que seu podcast no Uol é um bate-papo muito informal, mesmo com nomes renomados na área de jornalismo esportivo. “Parece quando um amigo te liga e você discute futebol com ele ” disse Beting. Sobre o seu canal do YouTube, C.H.U.P.A F.C, ele conta que foi criado não para ele, e sim para outras pessoas o tocassem, mas por falta de tempo acabou não indo para frente. “Foi uma ideia que eu queria que outras pessoas tocassem e não eu. Então eu me juntei com uma produtora e falei que eu queria descobrir youtubers”.

Durante a entrevista, Mauro Beting ressalta ainda que o jornalista precisa saber ouvir, aceitar o que os outros tem a dizer sobre seu trabalho e ser mais humilde, principalmente no jornalismo esportivo “Vem alguém e fala: Acho que a imprensa só pergunta sobre crise no São Paulo. O jornalista vem e fala: Você não venha pautar o meu trabalho! O a gente faz? A gente pauta tudo! Do jogador até a amante do dirigente! ”.

Para assistir a entrevista completa clique no link:

https://www.youtube.com/watch?v=omi8Qj6T61g&feature=youtu.be

Redes sociais Mauro Beting:

Facebook: https://www.facebook.com/mauro.beting

Twitter: https://twitter.com/mauro_beting?lang=pt

Instagram: https://www.instagram.com/maurobetingoficial/?hl=pt-br

Mateus Apud (1º semestre de Jornalismo)

Foto: Mateus Reppucci (1º semestre de Jornalismo)

Colaboração: Isabella Sarafyan (5º semestre de Jornalismo)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s