Luah Galvão viajou o mundo para descobrir o que motiva as pessoas

Luah, além de palestrar, é mestre de cerimônia em eventos Foto: Divulgação
Luah, além de palestrar, é mestre de cerimônia em eventos Foto: Divulgação

“Quando você faz muita coisa ao mesmo tempo, você deve tomar cuidado”, diz a especialista no assunto. Atriz de televisão, teatro e cinema. Apresentadora. Mestre de cerimônia em grandes eventos e coordenadora de mesas redondas. Colunista na Você S/A e na Harvard Business Review. Especialista em motivação e palestrante. Dona de um projeto que rodou o mundo. Viajante. Sua aparência é muito conhecida pelas inúmeras propagandas comerciais. Luah Galvão já fez muita coisa. Hoje, “saboreia mais a vida”.

Paulistana, formada em Direito pela PUC, frequentou também, durante anos, o curso de Propaganda e Marketing da ESPM. Entrou no meio artístico ainda nessa época; e não parou mais. Em certo momento da carreira, decidiu inovar. Luah e seu companheiro, Danilo España, criaram, assim, o projeto Walk and Talk. Por pouco mais de dois anos, viajaram o mundo perguntando para as pessoas: “O que te Motiva?”. As respostas foram as mais diversas. Há cinco meses de volta ao Brasil, os dois têm muito para contar.

Saiba o que motiva as pessoas ao redor do mundo e o que motiva Luah. Confira trechos da entrevista que Luah concedeu ao De Olho na Carreira:

De Olho na Carreira – Como você entrou no meio artístico?

Luah Galvão – Fiz parte de dois grupos de teatro amador. Um do colégio e outro de um grande clube do qual eu era sócia. No cursinho, tive um professor de história que fomentava muito a cultura. Quase toda semana ele nos levava para assistir espetáculos. No meio do caminho, conheci profissionais incríveis. O assunto foi me despertando. Acabei enveredando de novo nessa área, mas profissionalmente.

DONC – Você fez muitas propagandas comerciais. Como surgiu essa oportunidade?

Luah – O primeiro teste que eu fiz foi um teste fotográfico. Com aquela foto, começou a aparecer todo o tipo de oportunidade; e eu fui pegando todas. Bons anos de muito trabalho. Eu digo que fui uma das primeiras atrizes brancas e crespas a fazer publicidade de um jeito natural. Até então, só tinha mulher de chapinha ou negras. Publicidade sempre foi um foco muito grande pra mim dentro da área artística.

DONC – Além do teatro e da publicidade, você atuou também nas telinhas e nas telonas. Há alguma novela que mais gostou de fazer, algum filme que mais gostou de participar e algum programa que mais gostou de apresentar?

Luah – Tem, sim. Das novelas, amei fazer um projeto voltado para as crianças, chamado Acampamento Legal, na Record. Tinha toda uma área de aventura e de efeitos especiais e tinha também uma área educacional muito legal. Tinha orgulho de fazer algo que ensinava as crianças. Dos filmes, adorei estar em O Veneno da Madrugada, do Ruy Guerra. Já dos programas, gostei muito de apresentar o Onde Está Você, que era um programa exibido na Bandeirantes.

“Acho muito legal quando temos a possibilidade de, em uma só vida, desenvolver várias habilidades.”

Divulgação
Luah foi atrás das diferentes motivações que existem ao redor do mundo Foto: Divulgação

DONC – Você também escreve. Tem um blog na Você S/A e escreve para a Harvard Business Review. O que você escreve?

Luah – Descobri que gosto muito de escrever. Escrevo sobre motivação, mas esse é um tema muito amplo. Então, diversifico. Adoro escrever sobre liderança, por exemplo.

DONC – O que prefere? Atuar, apresentar ou escrever?

Luah – Cada um tem um sabor totalmente diferente. Acho muito legal quando temos a possibilidade de, em uma só vida, desenvolver várias habilidades. Você se testar em várias áreas diferentes é muito interessante. Adoro atuar, apresentar e escrever. Adoro palestrar. Adoro cozinhar e já adorei dançar. Adoro correr e amo viajar. Gosto de muita coisa. (risos)

DONC – O que te motivou a desenvolver tantas habilidades?

Luah – Acho que foi ao contrário. As coisas que aconteceram na minha vida são o que mais me motivou a fazer tudo isso. Minha carreira sempre foi marcada por muitas coisas legais. Eu nunca parei. Sempre tive uma carreira muito acelerada. Hoje, estou tentando escolher um pouco mais aquilo que faço para saborear mais a vida.

DONC – Alguma área que queria ter se dedicado mais?

Luah – Talvez nunca tenha me dedicado tanto para a área teatral. Talvez eu tivesse mais talento do que vocação, ou vice-versa. O teatro exige uma dedicação exclusiva e como sempre fiz muitas coisas ao mesmo tempo, acabei não me dedicando tanto a ele. Quando você faz muita coisa ao mesmo tempo, você deve tomar cuidado. Provavelmente você não vai fazer todas elas com excelência.

DONC – Quando você decidiu parar e investir no projeto Walk and Talk?

Luah – 

Luah apresentando o programa Onde Está Você, na Band Foto: Divulgação
Luah apresentando o programa Onde Está Você, na Band Foto: Divulgação

DONC – Vocês passaram por 28 países. Algum te marcou em especial?

Luah – Acho que o sul da Ásia, em geral. Descobri o maravilhoso universo das tradições asiáticas. Os países budistas, principalmente, me marcaram muito pela maneira em que eles vivem em harmonia.

DONC – Como foi a escolha dos países?

Luah – Fizemos uma rota principal com 16 países. Alguns deles nós não conseguimos ir. A Grécia, por exemplo, era um país que queríamos muito conhecer e não conseguimos, pois estava em crise de protesto. No meio do caminho, acabamos ampliando a rota e colocando vários outros na lista.

DONC – Hoje, vocês dão vários tipos de palestras. Quais são os temas?

Luah – Para qualquer palestra que dermos, sempre usamos nossa viagem como plano de fundo. Sempre contamos quais foram as motivações que descobrimos ao redor do mundo. Damos palestras focadas só na motivação e outras voltadas para a área de educação. Temos palestras voltadas para mercado corporativo, com pessoas que já estão trabalhando e palestras para os jovens pré-universitários e para os universitários também.

DONC – Qual a importância de conversar com os jovens de hoje?

Luah – 

DONC – O que motiva esses jovens?

Luah – Acho que o Brasil mudou muito; e foi uma surpresa mega agradável. Temos uma juventude que está engajada em uma mudança de paradigmas global. Os jovens estão querendo mover o mundo. Eles são movidos em fazer algo que tenha um real propósito. Esses jovens vão entrar no mercado de trabalho com uma motivação muito diferente, que não está ligada só no dinheiro e no sucesso. Estamos em um momento de virada hiper importante. Se essa juventude fizer uma grande virada de consciência, vamos experimentar um Brasil muito interessante nos próximos 50 anos.

DONC – O que motiva as pessoas, em geral?

Luah – As pessoas são movidas por muita coisa. As motivações mudam ao longo do tempo. Os brasileiros são muito movidos por sonhos. O brasileiro é muito sonhador. As motivações variam também com a idade. Uma pessoa de 50 anos, muito provavelmente, dirá que a própria vida dela é o que motiva. Ela tem uma consciência que a vida tem um grande valor. Quando você começa a ver que sua vida não é infinita, você começa a dar um valor absurdo pra ela. Quanto mais cedo entrarmos em contato com essa realidade, mais vamos aproveitar a vida no seu amplo sentido. Eu não tinha essa noção antes da viagem. Foi ouvindo os outros que comecei a pensar nisso.

DONC – Muitos planos futuros?

Luah – Inúmeros planos futuros. Muitos projetos. Não sei nem como abraçar todos eles. Só tenho uma certeza. Sempre estarei viajando. Não quero nunca mais largar a mochila.

Thiago Montero (4º semestre de Jornalismo)

2 comentários Adicione o seu

  1. Enio disse:

    Parabéns, Thiago e equipe pelos pings e pelos pongs!!! Excelente e motivadora entrevista. Vamos em frente com as nossas mochilas também!!!

  2. Mauricio disse:

    Parabens, continuem com boas reportagens.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s